Investigação-Acção em Beja e Aldeia das Amoreiras

CURSO SOBRE TRANSIÇÃO PARA A SUSTENTABILIDADE NAS RELAÇÕES SOCIEDADE-NATUREZA JUNTOU EM BEJA 17 NACIONALIDADES

CURSO SOBRE TRANSIÇÃO PARA A SUSTENTABILIDADE NAS RELAÇÕES SOCIEDADE-NATUREZA JUNTOU EM BEJA E NA ALDEIA DAS AMOREIRAS 17 NACIONALIDADES 

(artigo publicado pelo Instituto de Ciências Agrárias e Ambientais Mediterrânicas)

O VI ARALIG PhD course – Nature-Society Relationships in transition decorreu nos passados dias 03 a 07 de junho, em Beja.

Debruçou-se sobre as aplicações da investigação-ação, uma abordagem com uma forte orientação para a prática, às atuais mudanças nas relações Sociedade-Natureza no sentido de melhorar a sustentabilidade desta interação.

Este curso juntou um grupo multidisciplinar de 26 investigadores, facilitadores e estudantes de 17 nacionalidades (Portugal, Tanzânia, Moçambique, Guatemala, Noruega, Finlândia, Hungria, Áustria, Alemanha, Holanda, Polónia, Espanha, Sri Lanka, Nepal, Costa Rica, Dinamarca e Suécia).

Ao longo de 5 dias, trocaram-se experiências e discutiu-se a aplicação da investigação-acção a temáticas como conflitos ambientais, soberania alimentar e democratização dos processos de decisão ambiental.

O curso incluiu uma visita à ‘Aldeia das Amoreiras’, um exemplo de uma aldeia que “devido à actual conjuntura económica estava em progressivo abandono e envelhecimento populacional. Hoje, graças ao Centro de Convergência, a Aldeia das Amoreiras tem novos habitantes jovens, um intenso processo de dinamização cultural e uma forte inspiração positiva gerou um sentimento colectivo de esperança no futuro da Aldeia.” (http://aldeiasustentavel.net/).

De acordo com Carla Gonzalez, investigadora do ICAAM e uma das organizadoras do curso, “o balanço final do curso foi positivo e os objetivos foram cumpridos. O curso vai ter continuidade em 2013 e já há voluntários para 2014. Para mim a conclusão foi: mãos à obra! Colaborativamente. Há muito por fazer, mas há um enorme potencial humano.”

Sobre o ARALIG

ARALIG (Action Research – Action Learning Interest Group) é uma rede internacional de investigadores e pessoas interessadas na Investigação-Ação, no contexto de Aprendizagem Social nas relações Natureza-Sociedade, criada em 2005.

Os processos de investigação-acção e aprendizagem-ação participados, que têm sido amplamente utilizados desde há várias décadas no âmbito do desenvolvimento comunitário, mudanças sociais e educação, estão mais recentemente a ser aplicados em contextos de relação Sociedade-Natureza, tais como desenvolvimento rural ou gestão e planeamento de recursos naturais.

A rede ARALIG pretende juntar um grupo multidisciplinar de instituições e investigadores com o objetivo de partilhar modelos, ferramentas e metodologias de ação.

Contactos ARALIG:
Carla Gonzalez – carlasgonzalez@gmail.com
Mikaela Vasström – miksen@life.ku.dk

Anúncios

1 Comentário

Filed under Aldeia das Amoreiras, Desenvolvimento rural, Ecologia, Eventos passados

One response to “Investigação-Acção em Beja e Aldeia das Amoreiras

  1. Joana

    Que bom! Eu acho que vi anunciar este curso mas acho que era um bocado caro… eu estarei enganada?… Enfim, tenho pena de nao ter participado. Energia com tudo! Joana

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s