Category Archives: Eventos passados

Novos Contactos do Centro de Convergência

O Centro de Convergência actualizou os seus contactos. Para comunicar connosco por favor utilize os emails abaixo.

Até já!

  • Visitas à Aldeia das Amoreiras, Compra e Venda de produtos locais e artesanais, Alojamentos na Aldeia e Propostas de Actividades no Centro de Convergência:  Lucie Rousset (lucie.lulublue @ gmail.com)
  • Utilização da Escolinha da Aldeia das Amoreiras: Ana Montez (asmontez @ hotmail.com)
  • Representação externa: Lucie Rousset (lucie.lulublue @ gmail.com)
  • Projecto Utopia e WCECOS: Marcos Pais (marcos @ gaia.org.pt)
  • Serviço de Voluntariado Europeu: Sara Serrão (saraserrao @ gaia.org.pt)
  • Contacto do CC com a Transição Portugal e Transition Network: André Vizinho (andrevizinho @ gmail.com)
  • Centro de Convergência geral (email lido com pouca frequência) geral @ centrodeconvergencia.org

(se copiar estes endereços elimine os espaços antes e depois de “@”)

Anúncios

Deixe um comentário

Filed under Aldeia das Amoreiras, Arte, Desenvolvimento rural, Ecologia, Eventos, Eventos passados, Investigação Científica, Permacultura, Produtos, Serviços, Trabalhar no Centro, Transição, Voluntariado

Sistematização da Experiência do Centro de Convergência 2005-2012

O Centro de Convergência/ GAIA Alentejo tem o prazer de apresentar

sistematizaçãodesenho de Sahara, colaboração de Alice, Junho 2013

(Veja esta carta em pdf em formato original)

Objectivo geral:
Documentar, analisar e aprender com a experiência do Centro de Convergência entre 2005 e 2012 de forma participada e com enfoque em: visão, processo de criação e implementação, metodologias empregues e resultados, acções e actividades, trilhos pessoais.

UMA SISTEMATIZAÇÃO ÚTIL PARA TOD@S!
Ao longo de Junho 2013 convidamos-te a contribuir para os objectivos de análise, que serão contruídos exlcusivamente a partir das perguntas colocadas pelas pessoas interessadas:

Que perguntas gostarias de ver respondidas acerca da experiência do Centro de Convergência na Aldeia das Amoreiras?
Envia as tuas perguntas para saraserrao@gaia.org.pt
Obrigad@ pela tua colaboração!

Deixe um comentário

Filed under Aldeia das Amoreiras, Desenvolvimento rural, Eventos, Eventos passados

Investigação-Acção em Beja e Aldeia das Amoreiras

CURSO SOBRE TRANSIÇÃO PARA A SUSTENTABILIDADE NAS RELAÇÕES SOCIEDADE-NATUREZA JUNTOU EM BEJA 17 NACIONALIDADES

CURSO SOBRE TRANSIÇÃO PARA A SUSTENTABILIDADE NAS RELAÇÕES SOCIEDADE-NATUREZA JUNTOU EM BEJA E NA ALDEIA DAS AMOREIRAS 17 NACIONALIDADES 

(artigo publicado pelo Instituto de Ciências Agrárias e Ambientais Mediterrânicas)

O VI ARALIG PhD course – Nature-Society Relationships in transition decorreu nos passados dias 03 a 07 de junho, em Beja.

Debruçou-se sobre as aplicações da investigação-ação, uma abordagem com uma forte orientação para a prática, às atuais mudanças nas relações Sociedade-Natureza no sentido de melhorar a sustentabilidade desta interação.

Este curso juntou um grupo multidisciplinar de 26 investigadores, facilitadores e estudantes de 17 nacionalidades (Portugal, Tanzânia, Moçambique, Guatemala, Noruega, Finlândia, Hungria, Áustria, Alemanha, Holanda, Polónia, Espanha, Sri Lanka, Nepal, Costa Rica, Dinamarca e Suécia).

Ao longo de 5 dias, trocaram-se experiências e discutiu-se a aplicação da investigação-acção a temáticas como conflitos ambientais, soberania alimentar e democratização dos processos de decisão ambiental.

O curso incluiu uma visita à ‘Aldeia das Amoreiras’, um exemplo de uma aldeia que “devido à actual conjuntura económica estava em progressivo abandono e envelhecimento populacional. Hoje, graças ao Centro de Convergência, a Aldeia das Amoreiras tem novos habitantes jovens, um intenso processo de dinamização cultural e uma forte inspiração positiva gerou um sentimento colectivo de esperança no futuro da Aldeia.” (http://aldeiasustentavel.net/).

De acordo com Carla Gonzalez, investigadora do ICAAM e uma das organizadoras do curso, “o balanço final do curso foi positivo e os objetivos foram cumpridos. O curso vai ter continuidade em 2013 e já há voluntários para 2014. Para mim a conclusão foi: mãos à obra! Colaborativamente. Há muito por fazer, mas há um enorme potencial humano.”

Sobre o ARALIG

ARALIG (Action Research – Action Learning Interest Group) é uma rede internacional de investigadores e pessoas interessadas na Investigação-Ação, no contexto de Aprendizagem Social nas relações Natureza-Sociedade, criada em 2005.

Os processos de investigação-acção e aprendizagem-ação participados, que têm sido amplamente utilizados desde há várias décadas no âmbito do desenvolvimento comunitário, mudanças sociais e educação, estão mais recentemente a ser aplicados em contextos de relação Sociedade-Natureza, tais como desenvolvimento rural ou gestão e planeamento de recursos naturais.

A rede ARALIG pretende juntar um grupo multidisciplinar de instituições e investigadores com o objetivo de partilhar modelos, ferramentas e metodologias de ação.

Contactos ARALIG:
Carla Gonzalez – carlasgonzalez@gmail.com
Mikaela Vasström – miksen@life.ku.dk

1 Comentário

Filed under Aldeia das Amoreiras, Desenvolvimento rural, Ecologia, Eventos passados

Filme “Caiação” está na internet!

O Centro de Convergência produziu um novo filme no âmbito do projecto Aldeia das Amoreiras Sustentável.
Realizado por Frank Laranja, chama-se “Caiação” (“Whitewash” em inglês) e documenta o “Dia Internacional da Caiação”.

Este evento contou com o envolvimento de 150 voluntários e foi ao encontro do sonho “Uma Aldeia mais Bonita”,  identificado em Maio/Junho de 2010!

“Caiação” from Frank Laranja on Vimeo.

“Whitewash” from Frank Laranja on Vimeo.

Este evento foi uma iniciativa das pessoas da Aldeia das Amoreiras, Centro de Convergência, Comissão de Melhoramentos da Aldeia e da Cimeira Anual da AFS Intercultura Portugal.

Com a população local, os 150 voluntários internacionais da AFS, mais os amigos vindos de muitos lados que se juntaram neste dia, foi possível chegarmos mais perto de uma Aldeia de Sonho!
O filme “Caiação” conta com o apoio do Programa Juventude em Acção e da Câmara Municipal de Odemira.

O evento-actividade de voluntariado comunitário contou com o apoio da Junta de Freguesia de São Martinho das Amoreiras e da Associação para o Desenvolvimento de Amoreiras-Gare.

A todos um Grande Obrigado!

Deixe um comentário

Filed under Aldeia das Amoreiras, Arte, Desenvolvimento rural, Eventos, Eventos passados

Fotos da Oficina Solar

Construção de Forno Solar e Desidratador de frutas + Almoço solar pela seguinte ligação

https://picasaweb.google.com/festerrar/OficinaSolar

Deixe um comentário

Filed under Aldeia das Amoreiras, Eventos passados, Permacultura

Como fizemos um canteiro capilar

Algumas fotos que mostram como fizemos um canteiro de 1mx2m na Horta do Centro,
Fotos também disponíveis pela ligação:

Para esclarecimentos sobre variantes a esta construção poderá contactar-nos pelo email “joaovox @ yahoo . com” ou pelo 96 96 80 009
Estamos também disponíveis para ir fazer um canteiro para si, à medida das suas necessidades, ou para ir fazer uma oficina, noutros locais, para partilhar este conhecimento. Entre em contacto connosco!

https://picasaweb.google.com/festerrar/CanteiroCapilar

Deixe um comentário

Filed under Aldeia das Amoreiras, Eventos passados

Vitórias na Saúde e Bem-Estar da Aldeia das Amoreiras!

Na Aldeia das Amoreiras reuniram no passado dia 05 de Dezembro de 2010, no âmbito do projecto Aldeia das Amoreiras Sustentável as pessoas interessadas em realizar o sonho de um médico e enfermeiro na Aldeia. A primeira vitória foi o facto de termos conseguido juntar na mesma sala cerca de 20 pessoas da Aldeia para conversar sobre um assunto e tentar resolve-lo em conjunto com duas pessoas a moderar a reunião.

A segunda vitória foi ter presentes dois enfermeiros (Julia e Miguel) que se disponibilizaram para prestar apoio gratuito de enfermagem à população da Aldeia.

A terceira vitória/resultado foi a ideia e interesse em criar um grupo de pessoas na Aldeia que dão apoio de saúde às pessoas da Aldeia, nomeadamente de enfermaria e de primeiros socorros enquanto não chega uma ambulância. Estão desde já disponíveis 5 pessoas para este grupo: D. Céu (experiência de enfermagem), Julia (enfermeira), Glynn (Bombeiro com experiência socorrismo), Miguel Jerivazio (enfermeiro).

O quarto resultado foi acordar em pedir à Junta de Freguesia apoio ao transporte para as pessoas mais carenciadas da Aldeia não terem de pagar taxi para ir ao médico em São Martinho das Amoreiras. A D. Céu vai levar este pedido à reunião de Assembleia de Freguesia ainda em 2010.

A quinto resultado foi concordar que o médico de família em São Martinho disponibilizado pelo Sistema Nacional de Saúde é suficiente para as necessidade normais da população da Aldeia mas é necessário pressionar para que venha um médico de família gratuito para São Martinho das Amoreiras na extensão do Centro de Saúde.

Obter todos estes resultados só foi possível pois tivemos a moderar a reunião duas facilitadoras que estão a integrar em parceria a equipa do projecto Aldeia das Amoreiras Sustentável, Isabel Benedito da ESDIME e Rita Alegria do Projecto 108.

No dia 05 de Dezembro 2010 aconteceu a primeira reunião sobre a Saúde e Bem Estar, no dia 14 de Dezembro 2010 foi a consulta de diagnóstico dos problemas de enfermagem no Centro Social, no dia 8 de Janeiro 2011 foi a segunda consulta de enfermagem e em 22 de Janeiro de 2011 será a próxima reunião do grupo para avaliar a situação e continuar a trabalhar para uma melhor Sáude e Bem-Estar na Aldeia das Amoreiras!

Quadro construído a partir das anotações efectuadas na reunião.

O QUE HÁ O QUE FALTA O QUE PODEMOS FAZER
Enfermeiro 4 meios dias por semana em São Martinho das Amoreiras Transporte mais barato e adequado ou enfermagem na Aldeia Grupo de apoio de enfermagem na Aldeia com dois enfermeiros : Julia e Miguel + aprendizes /ajudantes 

Diagnóstico dos problemas de saúde na Aldeia para conhecer melhor as necessidades.

Médico privado em São Martinho a 25€ a consulta Médico de família gratuito na extensão do Centro de Saúde em São Martinho Grupo de Pressão para ter o médico em São Martinho
Taxi a 10€ viagem Aldeia-São Martinho-Aldeia (7km ida e volta) Transporte gratuito para os idosos que têm reformas baixas irem ao Centro de Saúde. Pedir à Junta de Freguesia para disponibilizar carrinhas/ambulancias uma ou duas vezes por semana
Urgências demoram 40minutos a chegar e levam pacientes para Odemira onde há poucos serviços Transporte para as urgências em Ourique que são apenas a 20minutos e a caminho do Hospital de Beja Não foi falado resumido claramente. 

Criar grupo de boleias teve oposição.

Aldeia fazer parte da área de saúde de Ourique.

Na reunião de Sábado dia 22 de Janeiro vamos:

  • conversar e encontrar soluções em conjunto com a CMAA para o sonho do Centro de Dia para os Idosos
  • e vamos continuar a resolver os assuntos que ficaram pendentes sobre o sonho do médico e enfermeiro na Aldeia.

Para ver todos os resultados da reunião de 05 de Dezembro de forma mais detalhada leia abaixo.

Diagnóstico e Resultados da reunião do grupo do sonho Saúde e Bem Estar realizada no dia 05 de Dezembro em 2010 no Centro Social da Aldeia das Amoreiras.

Os resultados da reunião no que diz respeito ao sonho “Enfermeiro na Aldeia” foram:

  1. A marcação de uma consulta de diagnóstico de enfermagem para segunda feira dia 14 de Dezembro pelas 14horas no Centro Social da Aldeia. Nesta consulta toda a população da Aldeia das Amoreiras que necessita de apoio de enfermagem poderá deslocar-se ao Centro Social para informar os dois enfermeiros dos seus problemas para que se possam definir os materiais necessários para este apoio de enfermagem e para que se possam definir as necessidades e periodicidade das consultas de enfermagem na Aldeia.
  2. Feito o diagnóstico das necessidade será feita uma lista de materiais necessários que será apresentada à Dra. Alda João, coordenadora do Centro de Saúde de Odemira para pedir o fornecimentos destes materiais para apoio gratuito à população. Em segundo lugar será marcada a periodicidade das consultas entre os dois enfermeiros e com apoio da D. Céu.

Os resultados da reunião no que diz respeito ao sonho “Médico na Aldeia” foram:

  1. Concluiu-se que se existir médico de família na extensão do Centro de Saúde em São Martinho das Amoreiras alguns dias por semana, tal é suficiente para as necessidades da população desde que exista transporte facilitado para as pessoas que não têm dinheiro para o taxi.
  2. Concluiu-se que a maneira mais fácil de responder a esta necessidade de transporte para as pessoas mais carenciadas é a Junta de Freguesia de São Martinho das Amoreiras disponibilizar uma das suas carrinhas que não são utilizadas para nos dias em que há medico vir à Aldeia das Amoreiras buscar as pessoas que necessitam de auxilio para ir ao médico. Durante a reunião telefonou-se ao Presidente da Junta de Freguesia Sr. Mário Neves para saber da disponibilidade da Junta para tal ao que o mesmo respondeu que a questão tem de ser discutida em reunião.
  3. A D. Céu Silva, membro da Assembleia de Freguesia comprometeu-se a levar a questão / pedido à reunião da Assembleia de Freguesia ainda em 2010.
  4. Para ficar o sonho do médico na Aldeia resolvido bastará que o Sistema Nacional de Saúde faça aquilo que tem o dever de fazer que é fornecer a toda a população um médico de família, neste caso em São Martinho da Amoreiras e que a Junta de Freguesia disponibilize transporte para os mais carenciados.
  1. Por ultimo falou-se do problema das urgências. As pessoas presentes sugeriram que se a Aldeia das Amoreiras fosse atendida pelo Centro de Saúde de Ourique teria um apoio de urgências mais rápido e por outro lado talvez viesse à Aldeia das Amoreiras a ambulância de cuidados médicos ambulatórios que visita frequentemente Garvão. Falou-se que uma tal ambulância pertencente ao Centro de Saúde de Odemira está em preparação mas provavelmente apenas irá dar apoio aos idosos residentes em “montes isolados” e não à população da Aldeia das Amoreiras.
  2. Foi sugerido que se criasse um grupo de boleias na Aldeia para levar as pessoas necessitadas de urgências a Ourique, por exemplo, mas tal sugestão não foi apoiada por todos uma vez que se existir algum problema de saúde a caminho pode haver responsabilização de quem dá a boleia ficando esta pessoa “em apuros”.

Esta acta foi elaborada por André Vizinho e revista pelas facilitadoras Isabel Benedito e Rita Alegria.

Deixe um comentário

Filed under Aldeia das Amoreiras, Desenvolvimento rural, Eventos passados